desenho-traça-acompanhamento-

Acompanhamento: um detalhe que pode fazer toda a diferença

Você tem facilidade para traçar metas, mas se perde um pouco ou não dá tanta importância ao acompanhamento delas?

Tem dificuldade para atingir os resultados que deseja porque só se preocupa com eles quando percebe que não vai conseguir?

Então saiba que fazer um acompanhamento minucioso de suas metas ou objetivos pode te levar a excelentes resultados. Quer saber como? Leia até o final. Neste artigo vamos abordar:

  • A importância de um bom acompanhamento
  1. Com que frequência devo fazer o acompanhamento?
  2. Não tenha medo de tomar uma atitude
  3. Como fazer um acompanhamento eficiente?
  4. E se eu perceber que não estou indo bem?

A importância de um bom acompanhamento

Independentemente da área para a qual você queira estipular uma meta: vendas, emagrecimento, passar no concurso, pagar as contas ou ter dinheiro para poupar. O acompanhamento interfere diretamente em seus resultados.

Claro que antes você deve ter feito um bom planejamento para atingir metas, executar projetos e realizar seus sonhos. Aliás, já falei sobre isso lá no meu canal do YouTube.

Essa etapa é primordial, então, se você ainda não assistiu a este vídeo, corre lá conferir antes de continuar. No canal também tem outros conteúdos que vão te ajudar a conquistar seus objetivos.

Mas voltando ao nosso tema de hoje, você sabe por que o acompanhamento é um ponto tão importante para atingir seus objetivos?

Então vamos lá! Vamos supor que você seja o gerente de uma loja e faz lá o seu planejamento de metas mensal, semestral, anual.

Ou você está abrindo seu negócio e projetou que terá capital para se manter sem ter lucros durante um ano.

Ou, ainda, digamos que você vai se casar daqui a seis meses e quer emagrecer 5kg até o casamento.

Aqui eu estou partindo do princípio que você planejou tudo direitinho e já sabe a estratégia de vendas ou de alimentação que vai adotar e em quanto tempo pretende realizá-la. Ou seja, esse passo importante do planejamento está resolvido.

Vamos para o acompanhamento?

Dica 1 – Com que frequência eu preciso acompanhar?

mulher-acompanha-calendario

A resposta é: depende do seu objetivo.

Digamos que seja uma meta de emagrecimento ou financeira, acompanhe semanalmente. Assim você poderá reajustar sua alimentação, se for preciso, ou ter mais controle sobre seus gastos.

Se for uma meta de vendas, por exemplo, o acompanhamento precisa ser diário e a sua projeção também. Mas olha só, não basta apenas conferir os resultados diariamente para saber se está próximo da meta. Bem vou explicar isso com a próxima dica.

Antes, apenas defina um prazo e uma rotina para fazer o acompanhamento do seu objetivo. Se for semanal, programe-se para fazer sempre no mesmo dia, no mesmo horário.

Este passo serve para que você reveja, reavalie e, principalmente, ganhe ânimo (e uma dose extra de consciência) para tomar certas atitudes e até uma nova direção, se for o caso.

Dica 2 – Tome uma atitude

O acompanhamento tem a finalidade de te estimular a tomar uma atitude.

Seja ela uma conversa motivadora com sua equipe, traçar uma nova estratégia de vendas, fazer um treinamento, enfim, acompanhar te ajuda a ter foco, a olhar para aquele resultado que você quer.

E claro que olhando para ele, avaliar o quão próximo você está da meta. E, o mais importante, buscar uma ação adequada se perceber que não está caminhando na direção que deveria.

Não adianta ficar com a esperança de recuperar amanhã ou no final de semana, porque se você não tomar uma atitude no dia em que constatar que os resultados não são os esperados, vai ser muito mais difícil recuperar depois.

“Mas, Suleima, você não está falando nenhuma novidade, esse é o beabá de um gerente de vendas”, você pode estar pensando.

E realmente é. Contudo, confira esta informação.

Recentemente, realizamos uma pesquisa sobre as maiores dificuldades profissionais e pessoais dos líderes. E na questão profissional, a dificuldade em lidar com o acompanhamento ocupou o primeiro lugar na lista.

Isso porque a gente até olha os resultados, mas tem dificuldade de tomar uma atitude, ou fazer uma correção de rota e mudar de estratégia. Pense um pouquinho se esse não é o seu caso.

Agora um detalhe importante: digamos que durante as ações de acompanhamento você perceba que avançou mais do que planejou. Então comemore!

Se sua conquista foi pessoal, se dê um agrado. Se foi profissional, comemore com sua equipe! Isso é estimulante e anima todos a persistir, apesar dos obstáculos.

E depois da comemoração, continue firme no acompanhamento.

Dica 3 – Tenha ferramentas

desenho-traça-acompanhamento-

Você precisa de ferramentas adequadas para fazer o seu acompanhamento.

De novo, se você é um gerente de vendas, precisa no mínimo conhecer o excel, colocar suas metas lá. No mínimo!

Atualmente, várias empresas possuem seu software de gestão, que te dá os números com muita facilidade, mas se você não tem acesso a recursos como esse, crie suas próprias ferramentas.

Existem aplicativos que dão até gráficos. Acredite, as ferramentas adequadas vão otimizar este trabalho!

Se seu objetivo for emagrecimento, por exemplo, ou realizar alguma outra meta pessoal, o acompanhamento pode ser feito até em um caderninho.

É ótimo fazer um diário, anotar tudo!

Agora, se você faz gestão de vendas, gestão financeira ou vai estipular metas de seu negócio, se desafie! Você precisa ter melhores ferramentas para otimizar seu tempo. Pense que essa tarefa vai fortalecer o seu desenvolvimento.

“Ah, Suleima, mas eu não tenho curso de excel, então não vou conseguir fazer o acompanhamento”.

Bom, se seu caso é esse, vou parafrasear Mario Sergio Cortella: “Faça o teu melhor, na condição que tem hoje, até que tenha condições melhores, para fazer melhor ainda!”.

Ou seja, comece com o que tem hoje, agora.

E eu te convido a evoluir. Já dizia Heráclito (há muitos séculos), “tudo flui e nada permanece”. Então, faça um esforço. Evolua.

Ah! Só mais um detalhe: deixe sua planilha de acompanhamento (ou seu caderninho) sempre à vista, ou de fácil acesso e visível para você.

Dica 4 – Não desanime e nem desanime sua equipe

pessoas-mesa-café-acompanhamento

Teremos dias ruins em vendas, meses ruins nos negócios, dias de desânimo para fazer dieta e ir à academia. E está tudo bem.

Supere esse dia, esse mês, mas supere rápido e trace logo uma nova rota. Não fique buscando culpados ou se remoendo porque comeu um brigadeiro. Volte ao seu objetivo!

Quando você se agride, fica se culpando demais (sim, isso é autopunição), também não está programando mensagens de sucesso em sua mente.

Com isso, sua mente entende que é sempre difícil ter bons resultados. Viu só como a consequência dessa ação pode ser extensa e maléfica?

Então, acredite em você e nas possibilidades que tem à frente! Lembra da música? Reconhece a queda e não desanima. Levanta, sacode a poeira e dá volta por cima. O amanhã sempre pode ser diferente. Faça com que seja.

E acredite: o acompanhamento não é perda de tempo. Olhar de perto a evolução daquilo que planejou será fundamental para a conquista dos seus melhores resultados.

Vamos praticar?

Te convido a começar uma avaliação daquilo que tem planejado para realizar.

E escreva nos comentários o que pretende fazer para começar a acompanhar firmemente suas ações. Sua estratégia pode ser útil para muitas pessoas. Vamos lá?

Um comentário em “Acompanhamento: um detalhe que pode fazer toda a diferença”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s